Crianças entediadas demandam atenção. Durante a quarentena, o convívio social será com as pessoas que estão na residência. Os adultos devem ter disponibilidade e tempo para os pequenos. Isso não é nada fácil, pois há serviços domésticos e o home office. O tempo pode ficar escasso caso não haja um bom planejamento das tarefas da família.

Algumas orientações que podem facilitar neste momento:

  • Separe momentos para o seu trabalho (home office), serviços da casa e tempo com as crianças.
  • Da mesma forma, faça um cronograma junto com as crianças com os deveres delas:  horário para a lição da escola, dos estudos, da leitura, da TV, dos jogos eletrônicos e das brincadeiras com os pais.
  • As brincadeiras precisam ser mais longas e criativas: em vez de jogos de tabuleiros tradicionais, por que não inventar um próprio jogo da família? Castelos e cidades podem ser construídos com materiais reciclados. Lençóis podem virar cabanas. Pilhas de travesseiros podem ser paredes e túneis.
  • Troca de histórias e brincadeiras: conte para os seus filhos como eram as suas brincadeiras de quando era criança. Jogava bolinha de gude, empinava pipa, gostava de cirandas e cantigas? Tente improvisar uma atividade “do seu tempo” como corrida com sacos, pular corda ou jogar aviãozinho de papel, por exemplo.
  • As crianças gostam de ser desafiadas: gincanas, caça-tesouro, dar pistas e tarefas diárias pode ser muito divertido!
  • Aproveitem o tempo juntos paras ensinar jogos mais complexos e com regras. É um bom momento de ensinar e estimular os seus filhos com atividades cognitivas.
  • Promova karaokê, desafios musicais (qual é música?), encenem algum episódio de série ou desenho favorito.
  • As tecnologias estão a nosso favor: busque novas brincadeiras na internet. Faça uma busca de brincadeiras regionais de outros estados. Uma forma de promover um estudo cultural com seus filhos.

“Neste momento de convívio familiar é importante fazer e manter os acordos com as crianças. Reserve um tempo de qualidade com elas. Explorar jogos e brincar pode ser uma atividade estimulante para todos na casa”, reforça o educador físico Anderson Moreira.

Dica Sandbreak: alguns sites inspiradores – Portal Lunetas e Mapa do Brincar.

Anderson Moreira professor de educação física formado pela UFPR. Atualmente presta serviço para o IPCE – Instituto Paranaense de Ciência do Esporte.

starteducacaoelazer@gmail.com

Write A Comment